Acompanhe Nossas Notícias
Fique por dentro das últimas novidades institucionais da E. Orlando Roos
e do mercado do agronegócio.
11out
500 pessoas presentes em Dia de Campo ROOS

Mostrando novas opções de sementes para produtores, a empresa Orlando Roos realizou o Dia de Campo Trigo 2013. Nesta quinta-feira (10), cerca de 500 pessoas, entre produtores rurais e representantes comerciais, estiveram na área experimental da filial 1 da empresa, em Não-Me-Toque, participando do evento.

Há 50 anos no mercado, a empresa tradicionalmente realiza o Dia de Campo. “Neste ano, temos um cenário diferente. No Dia de Campo do ano passado ocorreu uma geada alguns dias antes, mas nesse ano, o ânimo do produtor está diferente. Temos preços promissores e uma produtividade mais alta”, afirmou o gestor de sementes da empresa Orlando Roos, Arlei Roberto Krüger. 

Krüger comenta sobre os produtos à disposição dos produtores. “Nós temos uma série de novas tecnologias e novos produtos. Somos uma empresa pioneira, principalmente na genética. O que há de melhor nós temos em nossas mãos. Talvez a principal novidade desse ano é o lançamento da nossa primeira cultivar de trigo, a Roos Celebra, para celebrar os 50 anos. É um material produtivo, com todas as qualidades que o produtor quer”, ressaltou Krüger.

 

Palestra
Além de mostrar novidades aos produtores no setor, orientações eram fornecidas por técnicos da empresa, além da realização de uma palestra com Mauro Antônio Rizzardi, professor da UPF, sobre controle de plantas daninhas.

Na palestra, Rizzardi destacou a necessidade de se ter atenção com as plantas daninhas. “A grande mensagem é alertar sobre o manejo das plantas daninhas para não perder produtividade e buscar alternativas viáveis. É preciso integrar práticas químicas, como o uso de herbicidas, com práticas agronômicas, como a rotação de culturas, o uso palha no sistema, limpar equipamentos que se usa na lavoura. E depois se pensar no uso do herbicida”, afirmou Rizzardi.

O professor destacou que, quanto mais jovem a planta daninha, mais fácil o seu controle. “O uso do herbicida deve ser planejado, se identificando problema e fazendo uma combinação adequada. Quanto mais jovem for a planta daninha, mais fácil será o seu controle. Além disso, é fundamental ter acompanhamento técnico”, salientou o professor da UPF.

 

Aproximação com o cliente
Responsável pelo setor de vendas da empresa Orlando Roos no Rio Grande do Sul, Eduardo Souilljee, comenta que o evento é uma oportunidade de fidelizar clientes. “Fideliza o cliente e mostra o trabalho diferenciado que a gente faz, procurando trazer novidades todos os anos e novas tecnologias para as sementes. Cerca de 500 pessoas estão aqui hoje e mais de 20 variedades estão sendo apresentadas, entre vários obtentores”, afirmou Souilljee.

Ele explica algumas das novidades. “Há variedades mais precoces, para quem quer colher antes, há variedades tardias, porém, com potencial produtivo maior, há também cultivares que se adaptam melhor a determinados tipos de solos, por exemplo”, detalhou.

Produtores rurais valorizaram o evento. “É importante estar acompanhando inovações. Há, por exemplo, uma variedade de trigo tolerante à geada na fase vegetativa. No ano passado tivemos uma geada forte no mês de setembro, e neste ano também tivemos geada. Sem dúvida é importante se prevenir, e há essa possibilidade”, afirmou o produtor rural, Luciano Mattos.

Fale Conosco
+55 (54) 3320.0000 ---- (54) 3191-0100